Facebook

Image Map

30 de julho de 2018

A VIOLÊNCIA SOBRE A MULHER



“A lei do Senhor é perfeita”


O clamor universal da mulher, estigmatizada sob o jugo implacável e opressor da violência; evidencia a perfeição da lei do SENHOR, justificando, que: é mais fácil passar o céu e a terra do que cair um til da lei, do SENHOR, que não dormita, nem dorme; mas vela sobre a sua palavra para cumpri-la; não havendo ninguém que possa livrar alguém das suas mãos, quando Ele age.
Por isso, horrível coisa é cair nas mãos do Deus vivo.
A mulher, ao se rebelar contra a palavra do SENHOR, no Éden, recebeu sobre si a implacável sentença, que a estigmatizou com: multiplicidade grande de dor; e domínio do homem sobre os seus desejos.
Dor é violência física; ou moral; que causa danos ao corpo e a alma; como as tempestades e furacões que violentam a natureza.
O homem, através da ciência, criou um anestésico, que sensibiliza a dor física; contudo, a dor moral e a morte, são irreversíveis.
A dor ou violência está intrinsecamente estigmatizado na mulher; que a cobiçou, foi atraída, seduzida, concebeu e deu a luz a dor e por conseguinte a morte.
Ao dar à luz a dor, a mulher gerou a morte, sendo a primeira vitima o Cordeiro de Deus.
Nesse ato de rebeldia da criatura contra o seu Criador, a mulher, tornou-se a responsável pelas enfermidades e as dores que o aflito, ferido de Deus levou sobre si.
Na violenta cena patética e crucígera do Calvário, o Éden, foi retratado no brado da cruz, por Jesus, ao dizer: Mulher, eis ai teu filho: eis ai tua mãe.
Agora, a mulher, tem ciência do seu ato de rebeldia, que a transformara entre os seres viventes, a mais violenta dos animas, e mais amarga do que a morte.
Embora, o homem tenha domínio sobre a mulher, é aconselhado a fugir dela, sob pena de acabar seu prisioneiro.
A violência, sobre a mulher, é uma sentença, um estigma, e o único remédio, é a submissão.
Mistério: O homem, domina a mulher; defendendo e protegendo!
       O macho, domina a fêmea; com violência e morte!
       Assim está escrito, assim será!


Quem tem ouvidos ouça o Espírito.

Do Servo do Senhor: João Leandro da Silva
                                         Eleito de Deus