Facebook

Image Map

7 de novembro de 2017

Egressa do PROFLETRAS está na etapa final do Prêmio Professores do Brasil




Já vencedora da etapa estadual do Prêmio Professores do Brasil, a professora Mari Cecilia Silvestre da Silva, egressa do Mestrado Profissional em Letras (PROFLETRAS) da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) em Mossoró, ganhou nesta semana a fase regional da premiação.
O trabalho da professora, que atua na rede básica do município cearense de Icapuí, foi o mais bem avaliado, no Nordeste, na categoria Ensino Fundamental: 6° ao 9° ano. A premiação é promovida pelo Ministério da Educação e busca reconhecer o trabalho de professores de escolas públicas cujas atividades contribuam para a melhoria dos processos de ensino nas salas de aula.
Cecília foi premiada pelo projeto de intervenção educacional que desenvolveu para o PROFLETRAS em 2016. A atividade consistiu na produção de reportagens em vídeo, por parte dos alunos da rede municipal, sobre o abastecimento e outras questões relacionadas ao uso da água na praia de Redonda, localizada em Icapuí.
A ideia era que os estudantes elaborassem roteiros que serviriam como base para fazer os vídeos, aprofundando, nesse processo, o conhecimento sobre a língua portuguesa. A produção dos roteiros durou em torno de quatro meses e as filmagens, captadas utilizando os celulares dos próprios alunos, foram feitas em uma semana.
Para a professora, a experiência no PROFLETRAS foi fundamental para a conquista do prêmio e para enriquecer o trabalho desempenhado nas salas de aula. “Esse mestrado me proporcionou algo que me faltava, formação para uso das TIC (tecnologias da informação e comunicação) na escola. Sou imensamente grata aos professores do curso, maravilhosos, e principalmente ao professor Moisés Batista, meu orientador, que é um entusiasta e estudioso da inovação tecnológica na educação”, ressalta Mari Cecília.
O trabalho foi realizado junto a estudantes da rede básica do município cearense de Icapuí
“Eu tenho mais de vinte anos de docência e fui a mais velha da minha turma do PROFLETRAS. A idade (65) não limitou meu desejo de aprender e ensinar”, acrescenta.
Com a premiação regional, a professora receberá como um dos prêmios uma viagem para participar de um programa de capacitação profissional na Irlanda. No próximo mês, será divulgado em São Paulo o resultado da etapa nacional, que premiará os trabalhos mais bem avaliados no país, dentre os vencedores de cada região.
fonte: agecom uern