20 de setembro de 2017

Hapvida lança plano para facilitar acesso à saúde



Diante da dificuldade da população em ajustar as contas e manter um plano de saúde, o Hapvida lança um novo plano: o ambulatorial. Já está sendo comercializado,  possibilitando o acesso aos serviços de toda a sua rede própria e que são mais procurados pelos beneficiários, como consultas médicas e exames, por um preço mais econômico. 

O beneficiário poderá realizar consultas em as especialidades médicas reconhecidas pelo Conselho Federal de Medicina, bem como de sessões com nutricionista, fonoaudiólogo, terapeuta ocupacional, psicoterapia, exames, procedimentos, cirurgias ambulatoriais e atendimento de Urgência/Emergência, exceto internação clínica e cirúrgica.

Os beneficiários contam ainda com uma estrutura de atendimento em algumas cidades de 11 estados do Norte/Nordeste que incluem 24 hospitais, 74 clínicas médicas, 19 prontos atendimentos, 66 centros de diagnóstico por imagem e 58 laboratórios com diversos postos de coleta. 

"Todos merecem ter um atendimento à saúde de qualidade. E ofertar esse atendimento com valores acessíveis à população é uma máxima do Hapvida desde sua fundação. É justamente por isso que a operadora vem conquistando cada vez mais espaço no mercado, não só no Ceará, mas em todo o Norte e Nordeste", afirma Simone Varella, diretora de Comunicação e Marketing do Hapvida.

Crescimento
Em 2016, o Hapvida cresceu e seguiu na contramão do mercado de saúde. Enquanto a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) indicava que 1,4 milhão de pessoas deixaram de ter planos (retração de 2,8% do mercado), a operadora cearense registrou crescimento de 7,92% em clientes em medicina e 19,60% em odontologia, no Norte e Nordeste, onde a Operadora atua com rede própria.

Sobre o Hapvida
Com 3,8 milhões de beneficiários, o Hapvida hoje se posiciona como a maior operadora de saúde do Norte e Nordeste. Os números superlativos mostram o sucesso de uma estratégia baseada na gestão direta da operação e nos constantes investimentos: atualmente, são mais de 16 mil colaboradores diretos envolvidos na operação de 24 hospitais, 74 clínicas médicas, 19 unidades de prontos atendimentos, 66 unidades de diagnóstico por imagem e 58 postos de coleta laboratorial distribuídos em 11 estados onde a operadora atua com rede própria.