Facebook

Image Map

28 de agosto de 2017

Audiência na Assembleia Legislativa vai debater reabertura de poços de Petróleo em Mossoró e Região


A Assembleia Legislativa promove audiência pública nesta quarta-feira (30) para debater a revitalização da cadeia de Petróleo e Gás no Rio Grande do Norte. O debate, proposto pela deputada Larissa Rosado (PSB), acontece às 14 horas, no auditório da Casa, e pretende reunir representantes da classe política, Executivo Estadual, sindicatos e Petrobrás, detentora do direito à exploração no Estado.

“A atividade petrolífera foi responsável pela geração de vários empregos e de renda para o potiguar. Com a descoberta da camada pré-sal, a Petrobrás perdeu o interesse pela exploração dos chamados campos maduros, o que gerou demissão expressiva no setor. Tais campos podem e devem ser explorados, e é preciso que se encontre uma solução, de forma democrática e participativa, para essa exploração”, explica Larissa Rosado.

Responsável pela maior produção de petróleo em terra no país, o RN possui mais de 7.000 poços perfurados, dos quais, apenas 4.161 estão funcionando. Na década de 90, a Bacia Potiguar, que engloba campos de produção de petróleo no RN e Ceará, chegou a produzir mais de 100 mil barris de petróleo por dia em sua parte terrestre. Hoje a produção oscila entre 60 e 70 mil barris diários. A ideia é que, com a falta de interesse da Petrobras em retomar a exploração desses poços, esta atividade passe a ser feita por pequenos produtores, o que beneficiará milhares de trabalhadores, atualmente desempregados com a crise do setor.

Para a deputada, é de grande importância que se chegue a um consenso com relação a exploração de Petróleo na bacia potiguar. “Hoje, são mais de 10 mil pessoas desempregadas por causa da desativação desses poços. Nosso Estado, que em outros tempos era lembrando como a terra do Petróleo, hoje sofre com o abandono da atividade. Precisamos fortalecer o setor e retomar o crescimento da economia potiguar”, reforça a parlamentar.