31 de agosto de 2017

Após atuação da FEMURN, Banco apresenta prazos para reabrir agências fechadas no RN



Os municípios do Rio Grande do Norte voltarão a contar com as agências do Banco do Brasil que foram fechadas após explosões e atentados criminosos. Após a solicitação da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte - FEMURN - para a abertura de procedimento administrativo contra o banco pelo Órgão de Proteção e Defesa do Consumidor – PROCON/RN, a instituição apresentou um calendário com as datas previstas para reabertura de 15 agências bancárias no interior do estado.

Desde o último mês de maio, a FEMURN vem atuando para reabrir as agências bancárias no interior do RN. A Federação tratou do assunto com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do RN, e participou de audiência pública na Assembleia Legislativa do RN, promovida pelo deputado estadual Hermano Morais, que debateu o fechamento de bancos nos municípios. Posteriormente, a FEMURN pediu ao Coordenador do PROCON/RN, Cyro Benavides, a abertura de procedimento contra bancos que estão ignorando os pleitos das cidades. A ação de multar os bancos seguiu exemplo dos estados de Pernambuco e da Paraíba, onde as unidades do PROCON aplicaram multas ao Banco do Brasil, pela demora na reabertura das agências e o prejuízo causado aos consumidores.

O Presidente da FEMURN, Benes Leocádio, comemorou a reabertura das agências: "Os municípios estão sendo fortemente afetados pela falta das agências bancárias. A situação econômica das cidades piorou, já que, além da crise econômica que nos afeta, as pessoas se deslocam para receber dinheiro em outras cidades e gastam por lá mesmo. Precisamos garantir que os bancos voltem a funcionar e atendam nossos municípios", considerou Benes.

O Prefeito de São Paulo do Potengi e vice-presidente da Federação, Naldinho, alertou para as dificuldades que as economias dos municípios têm enfrentado. A cidade foi alvo de uma ação criminosa contra os bancos no dia 06 de fevereiro, e desde então não contava com o Banco do Brasil: “Nossos moradores precisam se deslocar para Macaíba ou Santa Cruz para receber dinheiro. É um gasto e um risco para nossos cidadãos, que tinham a agência aqui a nossa disposição. Fora o quanto afeta a nossa economia. O comércio está fechando", afirmou.

Entre as agências atingidas, a do município de Touros já foi reaberta. Segundo o Banco, ainda este ano, serão reabertas as agências de Baraúna (04/09), São Paulo do Potengi (20/09), Umarizal (30/09), São Miguel (31/10), Acari (01/11), Florânia (13/11), Santana do Matos (06/12), e Lajes (30/12). Em 2018, o banco deverá reabrir as agências de Gov. Dix-Sept Rosado (10/01), Caraúbas (16/01), João Câmara (30/03), Monte Alegre (30/03), São José de Campestre (30/11), e Tibau do Sul (30/11).

Atentados contra bancos continuam

Apesar da boa notícia da reabertura dos bancos, os atentados criminosos continuam afetando os municípios do RN. Na madrugada desta quinta-feira (31), bandidos explodiram uma agência bancária, saquearam os Correios e alvejaram o posto da Polícia Militar e da Câmara Municipal do município de São Pedro. Com o ataque, o RN passa a contar com 54 atentados contra bancos e/ou agências.