7 de julho de 2017

Em seis meses, prefeitura injetou mais de R$ 13 mi na economia de Apodi com pagamento de servidores

Exibindo Dinheiro_F Josemário Alves.PNG

Durante os primeiros seis meses deste ano, a Prefeitura de Apodi injetou mais de R$ 13 milhões na economia local através da folha salarial. O pagamento dos servidores em dia foi fundamental para este resultado, segundo destaca o secretário de Finanças, Railton Diógenes.

“Assim que iniciamos a gestão, o prefeito Alan nos pediu que fizesse de tudo para pagar a folha dentro dos prazos legais, mesmo diante desta crise. Ele sabe o quanto o comércio e a economia local, como um todo, sofrem quando os servidores não recebem seus vencimentos. O dinheiro não circula e todo o município perde”, explicou Railton.

Conforme dados da Secretaria, foram pagos R$ 13,2 milhões de janeiro a junho. Este montante não inclui o repasse mensal à Câmara Municipal.

Para o presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Apodi, Givanildo Batista, a quantia de R$ 13 milhões teve grande importância ao longo deste semestre para os comerciantes. Ele destaca que, neste período de crise, toda e qualquer ajuda é bem vinda e que o pagamento da folha em dia pela prefeitura teve sua parcela de contribuição.

“O servidor que recebe em dia, paga suas contas em dia e compra mais, tudo isso movimenta o comércio. Não tenho dúvidas de que este valor aqueceu a nossa economia”, comenta Givanildo.

O secretário Railton Diógenes acrescenta que o pagamento da folha em dia é uma exigência do prefeito Alan Silveira.

“O prefeito reconhece que não está fazendo mais do que sua obrigação, mesmo assim, ele exige que façamos o possível para pagar os servidores até o quinto dia útil de cada mês. Isso porque, além de movimentar a economia local, o pagamento em dia mantém o pessoal estimulado a fazer um bom serviço, e isso é muito benéfico para o município”, conclui.