19 de junho de 2017

Cavalgada na Rota do Trem resgata tradições e percorre 130 quilômetros

Exibindo Cavalgada na rota do trem.jpg

Percorrendo as ruas de Mossoró guiados pelo Pau-de-arara eletrônico, os cavaleiros da I Cavalgada Rota do Trem estavam satisfeitos pelos 130 quilômetros concluídos em dois dias e meio. A programação que estava dentro das atividades do Mossoró Cidade Junina 2017 fez o caminho da antiga ferrovia, saindo de Patú até Mossoró.

A Cavalgada contou com a participação de caravanas dos municípios de Patú, Caraúbas, Almino Afonso, Governador Dix-sept Rosado e Mossoró, que chegaram na cidade por volta das 9h30 deste domingo, 18, seguindo para o Parque de Exposições de Animais Armando Buá, onde foram recepcionados com um almoço.

Thiago Bento, da caravana de Almino Afonso, veio desde o início do percurso e já pensa em uma próxima cavalgada para o ano que vem. “Foi muito prazeroso percorrer estes caminhos. Fomos muito bem recebidos em todos os municípios que passamos, fomos bem tratados e os animais bem alimentados. Além disso, é um resgate à nossa cultura”, disse.

O deputado federal Beto Rosado acompanhou a cavalo todo o trajeto em Mossoró e destacou a importância do resgate às culturas dos nordestinos.

A prefeita Rosalba Ciarlini destacou a diversidade cultural em torno do Mossoró Cidade Junina e lembrou da antiga ferrovia que ligava Mossoró a outros municípios. “Era não só um transporte, mas um meio de geração de emprego e renda. Estão de parabéns todos os cavaleiros e a amazona que fizeram este percurso, que venham os próximos”, afirmou.

Os cavaleiros foram recepcionados com um almoço na Feira do Bode, além de muito forró pé-de-serra.