Facebook

Image Map

11 de maio de 2017

Estoque de insulina deve ser reabastecido até próxima semana



Em razão da urgência da necessidade de reabastecimento de insulina nas unidades de saúde, a Prefeitura Municipal de Mossoró (PMM) irá adquirir o produto com dispensa de licitação. Com a compra direta, a previsão é que o processo seja concluído até a próxima semana.

Na última licitação, realizada no dia 3 de maio, na modalidade de pregão, nenhuma empresa se habilitou em oferecer preço, e o processo foi considerado deserto. Este é mais um motivo que se justifica a dispensa de licitação.

Para a compra direta de insulina do tipo Lantus e Humalog, serão investidos R$ 4,817 milhões. A Secretaria Municipal de Saúde já iniciou o processo de compra com uma empresa habilitada, e tão logo o processo seja concluído, os medicamentos serão distribuídos para os pacientes com diabetes, cadastrados na Farmácia Central.

Além da compra das insulinas, a Secretaria Municipal de Saúde ainda está trabalhando para resolver a questão de um débito de R$ 250 mil com a empresa Lilly, distribuidora de insulina, deixada pela gestão anterior. O débito está em aberto desde 2015.

“Estamos trabalhando para garantir o fornecimento de insulina, pagar os débitos deixados pela gestão anterior e reorganizar os problemas que encontramos na saúde. Não é uma tarefa fácil, mas estamos conseguindo apresentar resultados”, disse a prefeita Rosalba Ciarlini, durante a solenidade de abertura do Ambulatório Materno Infantil (AMI), na manhã desta quinta-feira, 11.

O secretário municipal de Saúde, Benjamin Bento, reforça o empenho para reabastecer o estoque de insulinas e assegurar a continuidade da distribuição do medicamento. “Sabemos o quanto as pessoas com diabetes necessitam da insulina, por isso estamos nos empenhando ao máximo para resolver esse problema o mais rápido possível”, declara.