Facebook

Image Map

3 de abril de 2017

Ministro dos Transportes assegura em até 60 dias licitação das passarelas

Exibindo visita ministro dos Transportes a Natal.JPG

Cumprindo agenda administrativa em Natal, o ministro dos Transportes, Maurício Quintela, assegurou à prefeita Rosalba Ciarlini que em maio vai ser lançada a licitação das 3 primeiras passarelas do Complexo Viário da Abolição. 
   
O assunto voltou a ser debatido na primeira visita da prefeita a Brasília, ocorrida em fevereiro deste ano, quando esteve no Ministério dos Transportes. A solicitação foi reiterada durante audiência ocorrida na semana passada com o presidente Michel Temer.  “A prefeita visitou o Ministério e levou todos os projetos de interesse de Mossoró. Eu sei do esforço que ela está fazendo para recuperar a administração da cidade e o Governo Federal tem todo o interesse em ajudá-la nessa missão. Nós já estamos garantindo a construção de três passarelas. O edital sai em 60 dias e será uma conquista importante para o Complexo Viário da Abolição”, confirmou o ministro, citando ainda a necessidade de dotar a área de segurança.

O ministro também garantiu parceria para a iluminação dos 17 km do Complexo Viário. Para agilizar a obra, a Prefeitura de Mossoró irá elaborar o projeto executivo, a pedido do ministro. “Estamos aguardando a liberação desse projeto, que será doado ao DNIT, para que posteriormente possamos iniciar a iluminação desse trecho tão importante”, comentou Maurício Quintella.

Sobre a duplicação da BR-304, no trecho que liga Mossoró a Natal, o ministro citou a determinação, a partir da visita realizada nesta manhã. “Mossoró é uma cidade polo, importantíssima. Está entre duas capitais de estados importantes. Nós estamos duplicando a reta Tabajara a partir de Natal. A nossa intenção é futuramente chegar até Fortaleza com essa via toda duplicada”, concluiu.

A prefeita participou do encontro ao lado da secretária de Infraestrutura, Kátia Pinto. Acompanharam também a agenda do ministro os ex-deputados Henrique Alves e João Maia.