Facebook

Image Map

29 de abril de 2017

Central de monitoramento para Escolas Estaduais é discutida em reunião

Exibindo SEEC-SESED (2).jpeg

A segurança das escolas foi o tema central de reunião realizada nesta sexta-feira (28) entre as secretarias de Estado da Educação e de Segurança Pública e da Defesa Social. Com a presença das titulares de ambas as pastas, o encontro resultou no início de uma parceria entre Segurança e Educação para implantação de uma central de monitoramento das escolas localizadas nas áreas de vulnerabilidade. A reunião aconteceu nas dependências das SESED, em Natal.

A secretária de Educação do RN, professora Cláudia Santa Rosa, iniciou a reunião lembrando-se de sua preocupação com os casos de violência, que vem crescendo nos últimos anos, envolvendo as escolas estaduais: “Sabemos que esse é um problema que só pode ser resolvido com a parceria dos setores de inteligência e ação da Segurança Pública. Para que essas medidas cheguem, precisamos criar um diálogo aberto entre a SEEC e a SESED”.

Já em fase de estudos, a titular da Segurança, a delegada Sheila Freitas, propôs a instalação de câmeras de monitoramento para atender as escolas localizadas em áreas de risco e que tenham maior número de casos de arrombamentos. “Podemos montar uma central específica para as escolas e assim termos, em tempo real, imagens das instituições de ensino”, declarou a delegada Sheila Freitas. A titular da SESED também destacou que essas imagens serão essenciais para investigações e flagrantes.

Para que esse monitoramento seja possível será assinado um convênio entre a SEEC e a SESED para que seja viabilizado a logística, equipamentos e pagamento das diárias operacionais dos policiais que atuarão no monitoramento. O subsecretário de Educação, professor Marino Azevedo, que também acompanhou a reunião, discutiu com o Comandante Geral da Polícia Militar, o Coronel André Luiz Vieira de Azevedo, os passos necessários para viabilização do convênio: “No próximo dia 3 teremos uma reunião para acertamos os detalhes dos equipamentos e diárias. Tudo que estiver ao alcance da secretaria será realizado no menor tempo possível.”


Presente na reunião, o Delegado Geral de Polícia Civil Correia Júnior se disponibilizou a ajudar no plano de ações que a SEEC visa realizar para superar o quadro de insegurança que ronda as escolas, principalmente nas maiores cidades. Além de Natal, em um primeiro momento, a secretária Sheila Freitas mostrou à intenção de estender essa ação às escolas do município de Mossoró.

A professora Cláudia Santa Rosa lembrou que o impacto financeiro dessa ação será estudado para viabilização do convênio. “O investimento em segurança resultará em economia para a Educação, pois em cada furto que as escolas sofrem um gasto para recomposição desse material é gerado”, destacou a educadora.

Os diretores das escolas estaduais José Fernandes Machado e Francisco Ivo estiveram presentes no encontro e mostraram entusiasmo com os encaminhamentos da reunião. “Torcemos para que esse monitoramento chegue as nossas escolas para inibir esses casos de violência”, disse a diretora da escola José Fernandes Machado, a professa Solange Ataíde.

A delegada Sheila Freitas destacou o caráter especial da reunião: “Precisamos dessa interação para podermos avançar. Temos que ter pessoas com vontade de ousar nesses projetos e assim melhorar a segurança dos potiguares”. A professora Cláudia Santa Rosa encerrou a reunião confiante com o horizonte de possibilidades que se abre: “Nossas instituições precisam dessa atenção da Segurança Pública para que possamos ter ainda mais condições de oferecer uma escola melhor para os alunos. Trabalharemos para que próximas etapas dessa parceria cheguem logo às escolas estaduais”.

A diretora da 1ª Diretoria Regional de Educação (Natal), Carmem Pereira, e o coordenador do Núcleo Estadual de Educação par a Paz e Direitos Humanos, João Mendonça, também estiveram na reunião.