27 de março de 2017

Secretaria do Meio Ambiente alerta população para o controle do plantio de “nim indiano”

Exibindo ARTEMA.png

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente alerta a população para a necessidade de controle do plantio das mudas de “nim”, uma árvore de espécie exótica, originária do sul da Ásia.

A planta foi introduzida no Brasil na década de 1980, com o intuito de trabalhar como um pesticida “natural” em lavouras, mas se tornou uma espécie com alto poder de toxicidade para a biodiversidade já presente em nossa região.

Muito utilizada no paisagismo urbano de ruas e calçadas, o “nim indiano” se adaptou rapidamente ao clima semiárido, pois possui em sua característica uma extrema facilidade de acessar a água nas camadas mais profundas do solo, contando com a ajuda de suas raízes profundas, o que pode ocasionar sérios problemas no espaço urbano, podendo romper e danificar calçadas, pavimentos de ruas e avenidas, entupir e estrangular tubulações subterrâneas, além de comprometer a estrutura física dos imóveis.

"No sentido de preservar nossa biodiversidade, propomos a substituição do nim por árvores nativas do nosso bioma, contribuindo assim na arborização da cidade e manutenção dos locais com sombra", salientou o secretário Edson Rêgo.

Muitas espécies são capazes de oferecer sombra em nossas calçadas, e ainda não oferecem risco à encanação ou as nossas construções, pois possuem raízes pivotantes, que crescem verticalmente. Antes de realizar o plantio de mudas procure as informações necessárias na Secretaria Municipal de Meio Ambiente, se informe sobre quais plantas podem contribuir com o paisagismo da cidade e auxiliar proporcionando sombra e segurança.