Facebook

Image Map

20 de março de 2017

Detentos utilizam ‘teresa’ para escapar da Penitenciária Agrícola de Mossoró

Foto: Divulgação

A Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania (Sejuc) confirmou a informação de que dois presos fugiram da Penitenciária Agrícola de Mossoró durante a tarde deste domingo, 19, enquanto a unidade recebia visitas de familiares.
Segundo a Sejuc, os detentos utilizaram uma ‘teresa’ (espécie de corda feita com lençóis emendados) para escapar do sistema penitenciário. Eles foram identificados como Bruno Henrique de Lima Alves e Bruno da Silva.
Ao longo da semana passada, detentos realizaram um motim na mesma penitenciária. Alguns presos chegaram a ficar feridos, mas ninguém morreu. Como forma de punição, a Sejuc retirou colchões e ventiladores do presídio.
Somente em 2017, pelo menos 80 presos conseguiram escapar do sistema penitenciário do Rio Grande do Norte. Somente em Alcaçuz, durante a rebelião em janeiro, 56 saíram na maior fuga da história dos presídios potiguares.
Na Agrícola de Mossoró, quatro detentos escaparam; 14 conseguiram sair da Penitenciária Estadual de Parnamirim e outros seis na Cadeia Pública de Natal.