Facebook

Image Map

20 de dezembro de 2016

Solenidade histórica: Ufersa forma maior número de concluintes em 2016.1

5wuiwi
Com quanto de esforço se faz uma graduação? A pergunta é apenas uma metáfora ao dito popular e, obviamente, a reposta é relativa e quase difícil de mensurar. Porém, se substituirmos a palavra “esforço” pela palavra “emoção” talvez, sim, seja mais fácil imaginar a dimensão de tantos sentimentos em torno de uma colação de grau, momento que sela o fim da jornada de graduação e abre portas para uma nova fase na vida.
Esforço e emoção, por sinal, foram dimensões muito íntimas na noite da última sexta-feira, dia 16, na vida dos 413 concluintes formados pela Universidade Federal Rural do Semi-Árido em 20 dos 22 cursos de graduação ofertados no Campus Sede, em Mossoró. A solenidade lotou o Centro de Exposições com a presença de familiares, amigos e padrinhos/madrinhas que acompanharam os concluintes no cortejo de entrada, recepcionados, cada uma das turmas, por seus professores homenageados, patronos/patronesses e coordenadores.
Após o rito de abertura proferido pelo reitor José de Arimatea de Matos, o pró-reitor, professor Rodrigo Nogueira de Codes fez a leitura do termo de apresentação dos concluintes habilitados a receberem o grau pelos cursos de Administração, Agronomia, Biotecnologia, Ciência da Computação, Ciência e Tecnologia (Integral e noturno), Ciências Contábeis, Direito, Ecologia, as engenharias Agrícola e Ambiental, Civil, de Energias, de Pesca, de Petróleo, de Produção, Florestal, Mecânica, Química, Veterinária e Zootecnia.
Na sequência, o concluinte Ademar França de Sousa Neto (Computação), fora convidado para, em representação a todos os formandos, ler o juramento solene. “Prometo, no exercício de minha profissão, consagrar o melhor do meu espírito e o máximo de minhas energias para o desenvolvimento da Humanidade”, disse ele para os colegas que, em pé e com o braço direito estendido, responderam “Assim Prometo!”.
Esse momento antecede a fase mais importante da solenidade, quando o reitor concede a outorga do grau aos, a partir de então, formados. A simbologia do ritual é marcada pela entrega do canudo de diploma, nominalmente, a cada um dos formados. Se a noite foi importante para todos eles, a 13 concluintes, em especial, a emoção foi um pouco maior, considerando o recebimento da comenda por se destacarem no rendimento acadêmico ao longo da trajetória do curso.
A solenidade de colação de grau em Mossoró fecha a maratona de colações do semestre 2016.1, que concedeu título a outros 150 graduandos distribuídos nos campi de Angicos, Caraúbas e Pau dos Ferros. Ao todo, a Ufersa formou neste semestre o número recorde de 567 concluintes.