Facebook

Image Map

24 de novembro de 2016

Mineiro diz que medidas do Governo Federal podem provocar recessão



Em pronunciamento na sessão plenária desta quinta-feira (24), o deputado Fernando Mineiro (PT) voltou a criticar as medidas do Governo Federal contidas na PEC 241, estabelecendo um teto para os gastos públicos. O projeto já passou na Câmara e está para ser votado no Senado, onde passou a ser denominado PEC 55. Para Mineiro, as medidas irão agravar a situação no País.

“Haverá um efeito dominó nos Estados e Municípios. Estão enganados aqueles que pensam que somente os servidores públicos serão penalizados, o que em si, já seria um bom motivo para que lutássemos contra essas medidas. Elas atingem o conjunto da sociedade e da economia, tanto pública, quanto privada”, preocupa-se o deputado.

Mineiro alertou que nos Estados a imposição do modelo será pelo período de dez anos. “Quero chamar a atenção das pessoas para o fato dessas medidas que podem levar a um processo recessivo muito forte. Temos que reverter essa situação, porque teremos um orçamento ainda menor para a Saúde e a Educação”, afirmou o deputado.

O deputado alertou ainda sobre as dificuldades do Estado, que podem prejudicar a economia com o atraso no pagamento dos fornecedores e dos servidores. “Isso gera um impacto na economia privada, no pequeno empresário, que faz seus negócios. Prejudica a pequena bodega do bairro e as mercearias. Os grandes tem como se defender por um período, mas os pequenos comerciantes, não”, afirmou.